Avisos

Riscos para a saúde

Não existem relatos sobre habituação física ou psicológica à Salvia divinorum. No entanto, não aconselhamos o seu uso frequente, pois pode tornar-se um hábito difícil de quebrar. A experiência única proporcionada pela sálvia pode tornar-se mais difícil de obter, se a usares demasiadas vezes num curto espaço de tempo.

A sálvia não tem efeitos secundários negativos. Apenas um pequeno número de pessoas reporta dores de cabeça, irritação dos pulmões e insónias após fumar sálvia. Acredita-se que estes efeitos são causados pelos produtos resultantes da combustão ao fumar qualquer tipo de planta, e não pela salvinorina.

É praticamente impossível sofrer uma overdose de sálvia quando esta é usada normalmente. A dose fatal não está estabelecida, mas vários cientistas acreditam que é bastante elevada. Provavelmente desmaias antes de chegares perto de uma dose fatal. Mas se usares uma dose maior de salvinorina os riscos são muito maiores. Isto deve ser evitado.

Misturar drogas é geralmente má ideia. Embora se desconheçam as interacções entre outras drogas ou medicamentos e a sálvia, deves ter sempre muito cuidado, pois podem ocorrer efeitos inesperados.

O maior risco para a saúde ao usar a sálvia é perderes a noção dos acontecimentos, e magoares-te a ti próprio ou a outros. Por isso é muito importante que tenhas sempre alguém contigo durante a experiência. Lê mais sobre isto ao longo deste texto.

Indicações

A sálvia pode proporcionar-te uma experiência única e alteradora da consciência. Por isso é extremamente importante que escolhas a altura e o lugar ideais para o uso. Certifica-te que estás num local seguro e privado, com pessoas que conheces bem. Escolhe a dose sem subestimares os poderosos efeitos que a sálvia pode ter. Após tomares a sálvia, deita-te num sofá ou cama durante a experiência e fecha os olhos.

Se nunca experimentaste sálvia ou se vais tomar uma dose elevada, certifica-te que tens um amigo presente. Existe o risco de perderes a noção dos acontecimentos. O teu amigo deve estar sóbrio e poder dar-te apoio, e preferivelmente ter alguma experiência com sálvia. O seu papel é evitar que te magoes a ti próprio ou a outros, sem interferir demasiado na tua experiência. Deve também poder acalmar-te se te sentires desassociado ou desorientado. No fim, o teu amigo pode também ajudar-te a recordar a experiência.

Outros riscos

Não uses a sálvia perto de objectos perigosos (facas, etc.). Não conduzas sob o efeito directo ou pouco depois de usares a Salvia divinorum. Usa o teu senso comum.

Mulheres grávidas ou a amamentar não devem tomar quaisquer substâncias sem conselho médico. Aconselhamos fortemente que qualquer mulher que possa estar grávida NÃO use sálvia. A sálvia não deve ser dada a menores ou pessoas mentalmente desiquilibradas ou violentas.