Variedades

A Salvia divinorum vende-se normalmente em folhas secas (frescas raramente se vendem) ou em forma de extracto. As folhas secas variam imenso em potência. Muitas pessoas acham difícil obterem efeitos satisfatórios com folhas secas normais, pois a quantidade a tomar de uma vez é bastante grande. Se quiseres mastigar a sálvia, precisas de muitas folhas.

Muitas pessoas preferem usar extractos. Obtêm-se melhores resultados mais facilmente, pois precisas de fumar ou ingerir menos material. Geralmente os efeitos também são mais fortes. Os extractos podem ser muito potentes e devem ser usados com cuidado: há o risco de usares uma dose demasiado forte. Existem duas variedades de extractos:

Os extractos de sálvia são geralmente concentrações de 5x, 10x e 20x (embora existam relatos de outras concentrações). Isto indica quantas vezes são mais potentes que as folhas secas normais. Tem muito cuidado quando usares extractos: uma só inalação pode ser o suficiente com qualquer uma destas concentrações. Lê os avisos antes de usares extractos de sálvia.

Desaconselhamos a produção dos teus próprios extractos, pois envolve o manuseamento de solventes. Se não tens experiência com este tipo de processo, arriscas-te a envenenares-te a ti próprio ou a outros. Para além disso, a maioria dos solventes são altamente inflamáveis. Podes ler (em inglês) sobre um método experimental para a extracção de salvinorina A pura neste website